Experiências fotográficas em filme e outras analogias...

Dia Mundial da Fotografia - Analógico x Digital no Filmepalooza

Aproveite o dia mundial da fotografia para pensar como seria sua vida sem ela, sem celular e instagram, ou até sem os filmes que capturaram sua infância.

19 de Agosto é comemorado o Dia Mundial da Fotografia

Essa data foi escolhida por motivos óbvios pois foi neste dia, no longínquo ano de 1839, que o Governo Francês divulgou a invenção de Louis-Jacques-Mandé Daguerre: o famoso Daguerreótipo.

Claro, ele não foi o único, sendo que o processo de fotografia moderna foi “descoberto” mais ou menos ao mesmo tempo em diversas partes do mundo, muito por causa das pesquisas em biologia e química da época. Até no Brasil temos um dos pais da fotografia, o grande e desconhecido Antoine Hercules Romuald Florence, francês genial que escolheu o nosso país pra viver.

O resto é história. Muitos químicos, processos, inventos, “reinventos” e modas depois estamos aqui, brigando pra manter os processos fotográficos antigos e analógicos vivos enquanto a fotografia é tomada de assalto pela tecnologia digital que, tenho que concordar, facilitou e muito a vida de quem quer fazer uma simples foto.

Excessos

Existe uma discussão de que nos últimos anos temos mais nos preocupado com o compartilhamento instantâneo da fotografia digital e com o exagero no número de fotos feitas com os dispositivos eletrônicos que estamos nos esquecendo de viver os momentos e guardar as imagens na nossa memória, juntamente com a emoção, cheiros, sons, etc.

Se comparar com a época dos filmes, quantas fotos eram feitas de um evento como um aniversário? 24, 36 ou o dobro de cada. Hoje com dispositivos digitais fazemos centenas, se não milhares, de fotos e a qualidade delas e blá blá blá blá.

No final das contas o que vale é o que você acha que é bom pra você, não é mesmo? Se você gosta de fazer milhares de fotos, de compartilhar, ninguém tem nada a ver com isso de verdade!

Então, independente de fotografar com seu celular, uma câmera de grande formato com placas de vidro, uma Leica, ou uma lata de nescau, vamos dar os parabéns para a querida fotografia.

Saiba mais

Leia mais:

Artigo anteriorLeica, os 100 anos e a capa da Amateur Photographer Próximo artigoPerar, as lentes feitas a mão pelo talentoso Miyazaki San

Assinar Blog por Email

Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber a newsletter com notificações de novas publicações por email.

O que você acha?

Nome obrigatório

Website