Experiências fotográficas em filme e outras analogias...

InstaCRT - Equipamento Funcionando

O InstaCRT é um aplicativo de filtro de foto que surgiu em 2011 com uma ideia bem peculiar: filtrar a foto no mundo real, não digitalmente. Bem, não completamente. Enfim, não é filme, mas de certo modo é analógico em algum aspecto, pois a sua foto assim que é fotografada passa por uma tela crt monocromática analógica. Assim, um filtro da vida real, como eles gostam de falar.

Fica com uma cara daqueles vídeos da Inciativa Dharma da série Lost!
Tá aí uma dica pro pessoal do InstaCRT, fazer a versão em vídeo disso!

Como funciona o InstaCRT

É bem simples e engenhoso:

  1. Você usa um aplicativo no iPhone que envia sua foto para um servidor, que salva sua foto em um FTP que forma uma fila de imagens enviadas (é, sua foto não vai ter aquela proteção e privacidade, esteja avisado);
  2. Sua foto é projetada em um mini monitor CRT tirado de uma velha filmadora VHS, instalado em uma linda gambiarra, toda exposta como pode ver na primeira foto
  3. Uma câmera Canon 7D fotografa a tela com sua imagem agora já “tratada” com o efeito
  4. O servidor envia a fotografia “filtrada” de volta para seu iPhone…

Como fizeram

Os criadores Martin Ström, Erik Wåhlström e Ruben Broman são do estúdio Rutger Fuchsgatan 9, de Estocolmo, na Suécia. Eles quiseram criar um aplicativo de filtro de foto para celular, que na época já era uma onda com instagram, hipstamatic e etc, mas queriam fazer de uma forma que não fosse igual a de todo mundo. Eles vieram com essa ideia de tratar a foto no mundo real, dar uma cara mais diferente do que todo mundo fazia com efeitos digitais imitando filme.
Juntando peças que tinham largadas pelo estúdio, como uma velha filmadora VHS dos anos 80, montaram um sistema bem esperto e simples, para receber imagens de um aplicativo para iPhone (não tem previsão para sair pra android e outrsas plataformas), exibir numa pequena tela CRT e fotografar com uma câmera profissional.

É bem simples e, como os criadores comentam no site do aplicativo, tudo foi meio que montado na guerrilha: Martin escreveu os códigos e colocou tudo pra funcionar com o hardware que Erik e Ruben haviam montado e na mesma noite praticamente estava rodando no ar.

Desde o lançamento em 2011 o aplicativo já foi baixado mais de 100 mil vezes na App Store ao custo de US$ 1,99 e mais de 300 mil fotografias foram processadas pelo sistema.

A única opção de imagem sempre foi preto e branco, pois a tela crt era monocromática. Mas, de novo olha a gambiarrinha, resolveram como fazer e conseguiram devolver uma foto colorida também, usando o mesmo hardware preto e branco. Mas aí o sistema deles exibe 3 imagens, uma para cada canal de cor RGB, que depois são reagrupadas em uma única imagem colorida. Engenhoso, não?

Enfim, para quem gosta dessas gambiarras, esse é o aplicativo mais divertido de todos, principalmente se durante o processamento da imagem você ficar imaginando o caminho que a foto está fazendo, daqui até a Suécia, sendo exibida numa telinha tosca, fotografada novamente por uma canon e enviada para você usar como quiser.

Sugestões

  • Escolher como a foto vai ser cropada
  • Processar vídeos curtos (de repente um outro app com outro hardware por trás)
  • Opção de recorte quadrado após o processamento

Assista ao vídeo com o “efeito” em ação

O pequeno monitor preto e branco CRT é bem tosquinho, tem uma capacidade de detalhes bem reduzida, o que faz com que a sua foto fique com um aspecto de televisão velha, bem velha.

Mais fotos

InstaCRT - Rubik's Cube

InstaCRT - Prateleira Bagunçada

InstaCRT - Equipamento Funcionando

InstaCRT - Filmadora HD

InstaCRT - Filme 135

InstaCRT - Fita K7

Dicas

Fique atento ao horário: descobri que fotos feitas em horários diferentes tem resultados diferentes. Minha teoria é que a noite o escritório fica no escuro aí as fotos neste período não demonstram aquele reflexo da tela característico. Prefiro fotos de dia. Pra se organizar: eles estão 3 horas na nossa frente (4 horas quando fora do horário de verão).

IMG_0105.JPG
Foto processada de “dia”
IMG_0112.JPG
Foto processada de “noite”

Proporção: apesar do nome insta, as imagens são retangulares na proporção da tela da filmadora que eles usaram, não quadradas como o instagram. Na hora de postar ou você corta (tirando as bordas e boa parte da graça) ou aumenta a menor medida para a imagem ficar um quadrado. Vai do seu gosto!

Links

Eu curti o aplicativo desde o início, não é algo que você vai ficar usando pra caramba, mas é uma boa sugestão para quando você quer dar um visual diferente pra suas fotos do celular.

Estava aqui pensando: mais roots que isso seria um aplicativo que envia uma foto para o instant lab da impossible films, escaneia o resultado e te devolve. Ou então um aplicativo que imprime sua foto em uma matricial, escaneia ou fotografa o resultado e te manda. São algumas das ideias zoadas que consegui pensar… nada bacana como o InstaCRT.

Leia mais:

Artigo anteriorRoad to Wolfeboro, uma viagem com colódio úmido Próximo artigoCamera Mods, grupo no flickr pra inspirar faça-você-mesmo

Assinar Blog por Email

Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber a newsletter com notificações de novas publicações por email.

O que você acha?

Nome obrigatório

Website