Experiências fotográficas em filme e outras analogias...

Lomo-copter, uma Diana F+ pendurada em um mini helicóptero

É incrível como andam criativos nas invencionices com as câmeras lomográficas. Pelo menos para mim é novidade colocar uma câmera analógica de plástico em um tricóptero (ele tem 3 motores) de controle remoto, com controles para disparar e avançar o filme automaticamente, no ar e sem as mãos!
E claro, como é de filme não vale a pena gastar cliques sem saber o que está na frente das lentes então os caras colocaram uma câmera wireless no visor da Diana para que eles possam “enquadrar” antes de dar o clique! Uma completa viagem desses malucos!

Fotos

Mas não satisfeitos só com a Diana, eles usaram nela um instant back para filmes instax, pra ver as benditas fotos assim que pousassem o tricóptero. A sacada dos caras foi colocar um motor para “avançar o filme”, um para ejetar a foto instantânea e um para fazer o disparo do obturador da diana. Tudo isso assistindo o que aparece no visor da câmera com um óculos daqueles de realidade virtual.

Com essa parafernália eles são capazes de fazer fotos aéreas analógicas instantâneas! É uma doidera!

Vídeo do Lomo-copter com uma Diana F+ pendurada

Esses caras fazem um monte de maluquices em vídeo com aeromodelos e câmeras, vale a pena acompanhar o trabalho deles no site e no youtube.

Links

Mas que Gopro que nada, né? Fotografia aérea com câmera digital é para os fracos. Fotografia aérea analógica e com filmes instantâneos é para os fortes, não é para qualquer um!

Leia mais:

Artigo anteriorMontagens analógicas de Jerry Uelsmann, ou o photoshop é para os fracos Próximo artigoDesabafo: Noctilux-M 50mm f/0.95 ASPH é a lente mais **** que eu nunca vou ter

Assinar Blog por Email

Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber a newsletter com notificações de novas publicações por email.

O que você acha?

Nome obrigatório

Website