Experiências fotográficas em filme e outras analogias...

Lomo LC-A 120, a médio formato feita a partir da lomo lc-a

Até que demorou para a menina dos olhos da Lomography se transformar em uma câmera compacta médio formato. Sim, eles lançaram uma Lomo LC-A 120, obviamente.

Compare as duas versões, a lomo lc-a 120 e a 135
Usando as medidas das duas câmeras dá colocá-las lado a lado graças a magia do photoshop. Medidas aproximadas, por favor não repare. Se alguém tiver foto das duas juntas eu aceito a contribuição e substituo aqui!

Acho que não tem quem ainda não saiba o que é a Lomo LC-A, a câmera russa copiada da Cosina CX2 que foi a responsável pelo movimento daqueles austríacos que encheram a cara no leste europeu e criaram a Lomography.

Tirando o hype e o hate, a LC-A é uma boa câmera compacta para uso diário, com exposição automática e uma aura mística russa em volta. Mas apesar das alterações criadas ao longo dos anos ela sempre foi uma câmera 135. Até agora.

A Lomography resolveu lançar uma versão da câmera para filmes 120, o bom e velho médio formato, já usado em câmeras da marca como a Diana+F de plástico e a Belair mais sofisticada, com multiplos formatos e exposição automática.
Ela vem engordar a linha que já tinha a conhecida LC-A e a LC-Wide, a sua versão ~wide~. Com a chegada dessa versão 120 só espero que parem por aí e pelo amor de deus não sigam o exemplo dos chineses da Holga, que fizeram depois da 120 uma 135, uma stereo, uma TLR, uma super wide, entre outras maluquices!

E a câmera ficou visualmente estranha. É como se a Lomo LC-A 120 fosse esticada, e como não fizeram uma foto das duas para comparações fica difícil achar alguma coisa. Ainda estou estranhando o formato dela.

As imagens da Lomo LC-A 120

Tirando as fotos feitas com filmes positivos e revelados como negativo, o processo cruzado, que são mais extremos, nas imagens noturnas e com filmes normais dão a entender que a câmera vai se comportar de forma bem parecida com a Lomo LC-A tradicional.

Informações técnicas

Com vários detalhes técnicos “herdados” da sua irmã mais velha, a Lomo LC-A 135,

  • Tipo de Filme: 120
  • Lente: 38mm f/4.5 Minigon XL (equivalente a uma 21mm em uma câmera 135)
  • Construção das Lentes: 5 elementos em 4 grupos
  • Distância Focal: 38mm
  • Área de exposição: 56mmx56mm
  • Ângulo de visão: 92º
  • Distância mínima de foco: 0.6m
  • Foco: 4 zonas, 0.6m, 1m, 2,5m e infinito;
  • Exposição: automática programada;
  • Alcance da Auto Exposição: ilimitado até EV17
  • Aberturas: f/4.5- f/16 (programado)
  • Velocidade de obturador: ilimitado até 1/500
  • Tamanho: 134.5mm(larg) x 108mm(alt) x 62.5mm(profun)
  • Sensibilidade: de ISO 100 até ISO 1600;
  • Efeitos: botão de múltipla exposição;
  • Flash: sapata sincronizada com a “segunda cortina”, ótimo para longa exposição com flash;

Limitada e sem kickstarter

Não tem mais a loja oficial no Brasil, então se quiser vai ter que pegar com os gringos ou esperar ela aparecer no Marinho. Mas como tem poucas unidades da Lomo LC-A 120, só 500 no lançamento, acho que não vai dar nem pro cheiro. Mas se vender bem vai ter sempre, tenha certeza disso!

O estranho é que a Lomography não apelou pro Kickstarter para lançar essa, acredito que por dois motivos: ainda estão entregando a Petzval e a Lomo LC-A já é uma marca consolidada que alavanca vendas, como eles fizeram ao criar a versão LC-A+ e depois com a LC-Wide.

Links

Leia mais:

Artigo anteriorDiana de papel é a Pinhole F de Pixel Análogo Próximo artigoFerrania quer saber que filme faz a sua cabeça

Assinar Blog por Email

Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber a newsletter com notificações de novas publicações por email.

O que você acha?

Nome obrigatório

Website