Experiências fotográficas em filme e outras analogias...

ensaio sensual

Uma câmera compacta fabricada inicialmente na União Soviética na década de 80 e que se tornou objeto de desejo no mundo todo por conta de uns estudantes de arte de Viena, na década de 90. De lá pra cá, passou de câmera “oficial” comunista a símbolo de liberdade artística. Não é mais fabricada na ex-União Soviética, mais precisamente em São Petesburgo (Санкт-Петербу́рг, Sankt-Peterburg em russo), mas mesmo sendo fabricada na China ela não perde a sua fama.

Seus poderes

É capaz de fotografar em qualquer condição de luz sem o uso de flash com seu fotômetro embutido, aceita qualquer tipo de filme 135, possui um cheiro característico de metal e graxa e lentes que dão um efeito todo particular em suas imagens.
Sim, sua combinação de lentes e fotometria é ótima e deixa as imagens mais saturadas, mas não confunda com as cores alteradas do processo de revelação cruzada, ou Xpro.

Mas o mais legal em relação a camera não são suas especificações técnicas e sim a comunidade criada em torno dela, a chamada Sociedade Lomográfica Internacional.

lomo lca [frente]

self(como sempre)

História

A Lomo LC-A começou a ser fabricada em 82/83 na Rússia como cópia da japonesa Cosina CX, para ser uma opção de qualidade técnica e versatilidade para o povo soviético, além é claro, de preço baixo em relação a original japonesa. O que ninguém sabia é que ela se tornaria centro de um movimento como esse, uma onda de retomada da fotografia analógica.
Fabricada durante anos e vendida para o povo soviético, só nos anos 90 foi descoberta pelo ocidente. E no auge da ascensão da fotografia digital ela virou um coquetel molotov analógico nas mãos dos moderninhos do mundo.
Hoje é fabricada na China, tem mais de uma versão com diferentes acabamentos, lentes e acessórios e hoje virou um objeto de desejo.

galinhas

ensaio sensual

Ela pode ser comprada no site da Sociedade Lomográfica, ou em leilões do ebay direto de revendedores nas repúblicas da ex-união soviética. Um charme a mais da câmera, claro. Mas bem mais arriscado. Eu mesmo já perdi uma que vinha Ucrânia e nunca chegou!

a curiosidade ...

Informações Técnicas:

  • Tipo de Filme : 35mm (asa 25 / 50 / 100 / 200 / 400)
  • Ângulo de visão : 63°
  • Comprimento focal da lente : 32mm
  • Abertura Relativa : 1:2.8
  • Foco : (0.8/1,5/3m/infinito)
  • Velocidade de Obturador : 1/500 até 2 segundos (ou até soltar o botão de disparo)
  • Controlado por medidor de exposição eletrônico

lomo bike

Mais fotos

Link

Saiba mais no site oficial da Lomo LC-A+.

Leia mais:

Artigo anteriorConversão para filme 135 (35mm) na Kodak Instamatic Próximo artigoLugares para se fotografar: Praça Dr. Barbosa de Oliveira, do lado da rod. Velha. #dxfoto

Assinar Blog por Email

Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber a newsletter com notificações de novas publicações por email.

5 comentários

  1. Ariane Lira diz:

    Olá!
    Visito este site constantemente, já que sou uma completa leiga sobre qualquer coisa relacionada a fotografia, mas muuuito interessada.
    Estou à procura de uma LC-A, uma câmera que gostaria que fosse minha primeira. Adoro-a.
    Como visito bastante, conheço seu flickr também e nele vi uma foto que você perguntava se alguém estava interessado em comprar alguma exibida ali. Bom, não sei se era ‘sério’ (hehehe), mas eu gostaria de saber qualquer coisa sobre.

    Ah! Quase me esqueci: muito legal seu site com informações simples e fotos das câmeras. Até agradeço. :)

    Abraços

  2. Júlio, como posso fazer para adquirir uma LC-A ou uma LC-A+ contigo?

  3. Eu consegui comprar uma LC-A dessas antigas russas. Tem um tempo já. É fantástico fotografar com ela, delicioso, muito divertido.
    Só que cavuquei lá nas especificações técnicas, o modelo russo, as antigas, só pegam filme até ASA 200, certo? Não experimentei colocar mais, pois nem tem opção lá no seletor russo dela, rs. Confirma? Se aceitar 400 ótimo, porque filme 200 estou penando pra achar, tenho usado 100 mesmo.

    Valeu.

  4. Mateus diz:

    Rogério, eu acabo de receber a minha LC-A direto da Ucrânia, trata-se de uma autêntica LOMO soviética, fabricada em meados de 80. Então, quanto o ASA, as lomos “de época” aceitam filmes que podem variar entre 25 à 800 (especificamente 25, 50, 100, 200, 400 e 800), conforme o seletor.

  5. Vinicius diz:

    Ola amigo eu peguei uma Lomo faz pouco tempo mais ela esta meio suja alguns fungos na lente, você sabe quem possa dar uma limpeza nela?
    abraços

O que você acha?

Nome obrigatório

Website