Experiências fotográficas em filme e outras analogias...

Manual do Mundo partiu uma Pentax K1000 (e nosso coração) ao meio - DXFoto

Dói o coração ver uma câmera, qualquer que seja, cortada ao meio! Mas a curiosidade que a gente tem em ver como são as coisas por dentro é tamanha que rola uns sentimentos conflitantes em relação esse vídeo!

Brincadeiras a parte, esse vídeo do Manual do Mundo mostra uma Pentax K1000 cortada ao meio (que nervo!) com um jato de água de alta pressão e com isso permitir vermos detalhes da sua construção, principalmente da lente!

Se procurar no youtube tem muitos vídeos de coisas sendo cortadas com água, é um método preciso e limpo, sem trocadilhos, que permite cortes especiais como esse, no qual o objeto mantém sua estrutura intacta criando visualizações incríveis de como as coisas funcionam!

Assista o Manual do Mundo partir uma Pentax K1000 ao meio

Outras partes interessante dos mecanismos internos, como o avanço do filme por exemplo, não aparecem completamente. Mas com esse corte longitudinal já dá pra uma bela visão do engenhoso mecanismo do espelho e o pentaprisma gigante que permite enxergar a imagem que entra pela lente.

Ah, e olha que a Pentax K1000 nem é a Pentax mais cheia de traquitanas dentro, ela é bem espartana até. Outro detalhe legal é ver a construção da lente 35-70mm, cada elemento, cada pedacinho de metal!

Não vou mentir, juro que fiquei com vontade de ter uma câmera cortada ao meio assim para colocar na estante junto com as outras! Mas nem pagando que mando alguém cortar minha Pentax MX, é mais fácil conseguir uma K1000 mesmo que esteja condenada, já com defeito, com lente travada, para que a dor de partir a coitada ao meio seja menor.

Mas para fazer ciência é preciso sacrifício, não é?

Leia mais:

Artigo anteriorKodachrome, será um filme positivo da Netflix?

Assinar Blog por Email

Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber a newsletter com notificações de novas publicações por email.

O que você acha?

Nome obrigatório

Website