Experiências fotográficas em filme e outras analogias...

Simples assim, o papel de parede digital de um dos maiores (em termos de base instalada) sistemas operacionais da Microsoft foi fotografado com uma câmera de filme, uma médio formato. E a Microsoft pagou uma bolada, considerado um dos maiores pagamentos feitos para um fotógrafo vivo.

O wallpaper Bliss é provavelmente a imagem mais vista pelos nerds que conheço. E você, usou muito?

Charles O’Rear fotografou em 1996 em Sonoma County, California, sudoeste de Sonoma Valley. Ele estava viajando quando resolveu parar para fotografar na Highway 121. Pegou sua Mamiya RZ67, pulou uma cerca e clicou. Quantas vezes não fizemos exatamente isso? Só que depois não vendemos a imagem por um preço pornográfico, né?

Fuji Velvia e nada de photoshop ou alguma técnica analógica

Detalhe: totalmente não manipulada, pura fotografia analógica. O filme ao que parece foi um Fuji, mas não consigo achar informações de qual exatamente! Com ajuda dos amigos leitores do blog temos a info que o filme foi um Fuji Velvia (claro). Falta descobrirmos se era 50 ou 100.

E a Microsoft liberou esse vídeo contando a história

(via Agradecimentos especiais aos leitores do queimendo filme e o Rafael Ciampi)

Leia mais:

Artigo anteriorPinhole de Concreto, aprenda a fazer a sua Próximo artigoFotografe, um blog de câmeras analógicas

Assinar Blog por Email

Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber a newsletter com notificações de novas publicações por email.

1 comentário

  1. Rafael diz:

    O filme usado foi o Velvia!

O que você acha?

Nome obrigatório

Website