Experiências fotográficas em filme e outras analogias...

Eu tenho um monte de câmera analógica e a maioria está funcionando. Isso significa muitas opções de fotografia em diversos estilos. Mas se você é afobado como eu vai acabar ficando com várias câmeras carregadas com filmes ao mesmo tempo e conforme vai terminando os rolos acumula pra mandar revelar vários de uma vez pra conseguir um descontinho!

Só que isso é um inferno para lembrar em qual câmera está qual filme e depois de batido qual filme foi batido em qual câmera e, ainda, qual o assunto do filme! Aí revela uns 7 rolos ao mesmo tempo e fica difícil colocar essas informações na pasta onde guarda as imagens. Ufa, é que eu gosto de saber tudo nos mínimos detalhes.

Então, organize-se:

  • Marque na câmera qual filme tem dentro dela (nem sempre bato o filme inteiro no mesmo dia)
  • Marque no filme um cód. para ligar às anotações do caderninho
  • Escreva em um caderninho (ou celular, você escolhe) informações sobre o que está fotografando
  • Se o lab permitir, relacione o cód. do seu rolo com o número que eles colocam naquela etiquetinha na ponta do filme. Vai facilitar e muito na hora de passar para o computador

Basicamente é isso. Aí, depois de revelar o filme você consegue ter as informações certinhas sobre o que tem em cada rolo, facilitando a vida para publicar no flickr, blog, lomohome, etc.

(via)

Leia mais:

Artigo anteriorRestauração de cores: Sanna Dullaway enxerga cores no preto e branco Próximo artigoKodak não vai parar de fabricar filmes. Só que ao contrário!

Assinar Blog por Email

Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber a newsletter com notificações de novas publicações por email.

O que você acha?

Nome obrigatório

Website