Experiências fotográficas em filme e outras analogias...

Existem diversas maneiras de fotografar com filme 135 em uma câmera 120 para sensibilizar o filme sobre os buraquinhos das bordas (sprocket hole). Esta é uma das opções em que você pode usar o próprio rolo e papel de proteção dos filmes 120.

A vantagem desse método é que você pode sair de casa com quantos rolos preparados quiser, carregar sua câmera como se fosse um filme 120 normal, sem precisar de um processo complexo de quarto escuro como os outros em que o filme 135 vai direto dentro da câmera desprotegido da luz e melhor, podendo usar os números do verso do papel pra contar os frames, dando adeus para o maldito método de contar clicks que a gente nunca acerta direito.

E sem contar que com o papel no lugar, pode escolher fotografar nos formatos 4,5×6, 6×6 e até 6×9, dependendo da sua camera 120. Tudo na maior tranquilidade.

Vamos lá, tudo o que você precisa é de um rolo de filme 135, um rolo vazio de 120 com o papel de proteção, fita adesiva e um quarto escuro. Escolhi o filme de 12 poses por ser do tamanho mais próximo do filme 120, que assim rende quase 9 imagens em 6×6. Mas nada impede de usar um filme de 24 poses, mas aí vai passar do espaço numerado do papel e, nesse caso, a contagem de frames fica por sua conta.

VALE LEMBRAR QUE TUDO ISSO DEVE SER FEITO NO ESCURO, A LUZ “QUEIMA” SEU FILME ;)

Primeiro, desenrole o papel do filme 120 e ache o ponto onde o filme era colado (costuma ter um pedaço de fita adesiva no lado preto);

Prenda o seu filme aí (é temporário, mais pra frente vai entender) com fita adesiva sempre tomando cuidado pra deixar seu filme 135 bem alinhado no centro da tira de papel de proteção;

Venha desenrolando o filme 135 junto com o papel do 120, isso ajuda a manter os dois alinhados;

Quando chegar no final, estique bem e com cuidado para começar a enrolar o papel com o filme 135 no meio, fazendo um mini-rocambole de filme+papel;

Lembra que falei que era temporário o primeiro adesivo? É, nesse processo de rocambole nunca dá pra esticar completamente o filme, aí precisa soltar a tira de fita adesiva, esticar o filme direito e colar novamente.

Estique, enrole e prenda a fita adesiva novamente. Não deixe sobras dos lados pra não bagunçar o seu rolo de filme nem nada;

Enrole firmemente e dê um aperto no papel no rolo, pra prevenir qualquer aberturinha que possa deixar entrar luz e detonar seu filme antes da hora;

Finalize com um pedaço de fita adesiva pra ele não ficar abrindo sozinho e também para identificar qual o filme que está dentro! Tá aí seu filme 135 para fazer sprocket hole em qualquer câmera 120, com a vantagem de proteção extra de luz, poder trocar o filme sem precisar de quarto escuro e com o controle de frames pelo número impresso no verso do papel!

E pronto, coloque o filme na sua bolsa e use em qualquer lugar.

Depois, para revelar, é legal você colocar de volta dentro daquele rolinho original do filme 135 e levar em qualquer laboratório para revelar. Simples assim.

E se quiser ir além e fazer sprocket hole com redscale, basta colocar o filme ao contrário, com o lado da emulsão virado pra baixo sobre o papel de proteção, pra luz ter que passar pela película antes de chegar na parte sensível.

DIVIRTA-SE!!!

Leia mais:

Artigo anteriorGIF animado, o estado da arte Próximo artigoMinha coleção de câmeras na TV Aparecida

Assinar Blog por Email

Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber a newsletter com notificações de novas publicações por email.

1 comentário

  1. Nozue diz:

    Site bacana, hein? Parabéns!

O que você acha?

Nome obrigatório

Website