Experiências fotográficas em filme e outras analogias...

Hal 9000 - nikkor lens dxfoto

Primeiro, você sabe quem é o HAL 9000? É o supercomputador inteligente e meio psicopata do filme “2001, Uma Odisséia no Espaço”, de Stanley Kubrick. O computador se comunicava com o exterior através de painéis que tinham esse olho gigante, com uma pequena luz vermelha atrás. Eu sempre achei que era algo criado para o filme, mas como toda boa produção dos anos 60/70, é resultado de uma bela gambiarra lindamente executada que custou uma verdadeira merreca (quase nada) para a produção do filme.

Conheça a Nikkor 8mm f/8 Fisheye


A tal lente é a Nikkor 8mm f/8 Fisheye, que compraram baratinho e enfiaram no painel que aparece no filme, também comprado baratinho. Claro, para o filme eles deram um belo acabamento, com plaquinhas com o nome do computador e tal, mas no fundo é uma gambiarrinha. Ela até pode ter custado baratinho no passado mas hoje é super rara e considerada peça de colecionador, só porque foi fabricada por poucos anos e logo depois foi descontinuada, de 1962 até 1966. Quando li isso no PetaPixel minha cabeça explodiu! Como assim nunca pensei que a tal lente do olho do HAL era uma lente mesmo, de fotografia? E pior, pode ser considerada a primeira fisheye de produção em massa para 35mm.

Para mais imagens da lente visite o site de Richard de Stoutz – destoutz.ch

Ela era chatinha de usar: precisava travar o espelho levantado para que a lente encaixasse esse tubo preto debaixo dela no corpo da Nikon e só dava para enquadrar usando um visor externo acoplado à câmera. Mala. Mas essa peculiaridade permitia que a lente fosse supercompacta.

Outra curiosidade, nas cenas em que vemos o ponto de vista de HAL Stanley Kubrick usou outra lente, uma tal de Fairchild-Curtis – uma fisheye de 160º de campo de visão, por ser compatível com as câmeras de cinema que usava.

Isso foi só pra descontrair, eu sei que muita gente nem sabe do que estou falando, mas vale a pena mencionar.

Ps.: Para quem não viu 2001, nem vem reclamar de spoiler do filme. Expor detalhes de um filme de 1968 não pode ser chamado de spoiler!


Publicado originalmente no blog queimandofilme em 21 de fevereiro de 2013

Leia mais:

Artigo anterior4 dicas de lugares pra hora de caçar câmeras antigas Próximo artigoConheça a Bulldog 4×5, uma grande formato pra montar

Assinar Blog por Email

Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber a newsletter com notificações de novas publicações por email.

Junte-se a 1.579 outros assinantes

O que você acha?

Nome obrigatório

Website