Experiências fotográficas em filme e outras analogias...

Autorretrato é coisa do passado. É sim.

Pra você que acha que o autorretrato, ou o infame selfie, é uma invenção moderna pode ir revendo seus conceitos. Sempre existiu, antes até da fotografia ser inventada. Escultores, pintores e depois fotógrafos sempre escolheram a si mesmos como modelo em algum momento. É o modelo mais fácil de trabalhar, sempre a disposição e nunca dá problema com remuneração e direitos de imagem.

Olha o selfie ai, ou seria autorretrato?

Esse autorretrato foi feito em 1909, com uma câmera de grande formato, pelo fotógrafo Joseph Byron Clayton, bisavó de outro fotógrafo Tom Byron, quem compartilhou essas imagens históricas do acervo de sua família. Por enquanto é o autorretrato mais antigo nos moldes do que chamam hoje de selfie. Claro que existem outros autorretratos, mas com tripé ou com a câmera em algum suporte. Segurando assim como um tablet, não sei se tem mais antigos. Aliás, naquela época as câmeras podiam ser muitas coisas, menos portáteis!

A história da família Byron e sua relação com a fotografia você pode ler aqui.

A moda do autorretrato que agora é selfie

Olha a selfie ai, de novo, outro ângulo.

Já discuti isso aqui, essa ondinha de chamar autorretrato de selfie é até tola. Não é uma invenção moderna malvada da tecnologia e das ferramentas de compartilhamento nas redes sociais, e que deve ser combatido e estudado a ponto de virar a palavra do ano de algum dicionário polêmico. É algo que existe bem antes de inventarem a fotografia, sempre fizeram e sempre farão.

É normal. A grande diferença é que hoje praticamente TODO mundo tem uma câmera fotográfica ao alcance das mãos, e com um agravante: com acesso a internet. Some isso a vontade louca de todo mundo aparecer e pronto, milhões de autorretratos jorrando na net com a hashtag #selfie.

E antes da fotografia?

Antes da fotografia temos muitos outros exemplos, como autorretratos pintados pelos grandes mestres como Monet, Van Gogh e da Vinci. Então, já viu que isso é uma coisa mais velha que a própria arte, praticamente.

Enfim, o que significa isso? Significa que é pra relaxar, desencanar de mimimi e fotografar! E Selfies se quiser.

Mas eu ainda prefiro chamar de autorretrato.


Via Daily Mail.

Leia mais:

Artigo anteriorInfográfico celebra 175 anos da fotografia Próximo artigoFilm Episódio 9: "Ryan The Student"

Assinar Blog por Email

Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber a newsletter com notificações de novas publicações por email.

3 comentários

  1. Claudia diz:

    Concordo completamente! Aliás, dá pra voltarmos bem mais, lá nos primórdios das cavernas quando o homem estampou sua mão na parede da caverna o que ele fez? Auto-retrato! e de lá até hoje e sempre será feito. Trata-se de uma necessidade de auto expressão. Para ser um auto-retrato a única premissa é estar-se ali. Então tanto faz se é pé, mão, boca, rosto, ou corpo. Enfim não dá para inventar a roda novamente, no máximo pode-se dar uma repaginada. ;)

  2. Julio diz:

    Pois é xará. Os que nasceram depois da fotografia digital acham que descobriram a roda! As imagens de seu artigo mostram que o termo “selfie” é uma tremenda bobagem, é auto-retrato mesmo, como você muito bem observou.

  3. Selfie está para o autorretrato assim como face está para facebook… insta está para instagram e zapzap está para whatsapp!

O que você acha?

Nome obrigatório

Website