Experiências fotográficas em filme e outras analogias...

Sim, o filme não morreu (ainda) e sendo assim tem um monte de gente fabricando câmeras de filme. Na primeira parte dessa série de artigos eu lembrei de algumas câmeras ainda fabricadas hoje em dia, mas todas eram 35mm. Depois de publicar que me liguei que tem as de médio e grande formato ainda e resolvi separar mesmo em artigos diferentes. Agora vamos falar das câmeras de médio formato, o famigerado filme 120.

Sobre o filme 120 já falei aqui, mas é aquele filme em rolinho maior, enrolado com um papel esquisito e que sempre dizem para que você não coloque nem tire da câmera sob luz muito forte.

Mas vamos ao que interessa, uma lista de fabricantes de câmeras de filme médio formato que ainda mantêm suas câmeras em produção, apesar da invasão digital!

Fuji

A Fuji, apesar de não ser uma grande tradição em câmeras de filme, sendo mais conhecida pelos seus filmes maravilhosos (alguns dos quais que ela matou simplesmente), tem essa linha de câmeras de médio formato bem interessantes, e novas!

Saiba Mais:

Hasselblad

A boa e velha Hassel, apesar de não fabricar mais as conhecidas câmeras V System, como a clássica 503CW, ainda fabrica os magazines para filmes 120/220 e filmes instantâneos para suas câmeras H System, que hoje são essencialmente digitais. Mas como os magazines são intercambiáveis ainda dá pra ter o melhor dos dois mundos com câmeras e magazines novinhos em folha.

Saiba Mais:

Mamiya

A Mamiya não brinca em serviço e deixa seu legado no mundo analógico fabricando ainda hoje uma Rangefinder 6×7, a Mamiya 7 II. Uma rangefinder! E com tanta especificação e acessórios criativos que deixariam a Lomography com ciúmes! Faz foto no formato 6×7, tem adaptador para filme 35mm para panorâmicas, tem lentes intercambiáveis, função para dupla exposição, back para polaroid, entre outras coisas bacanas. Ah, e é preta! Uma bela rangefinder, não muito maior que uma SLR. Mas uma apelação no mundo das rangefinders, na minha opinião!

Saiba Mais:

Voigtläender

Não é só a Mamyia que tem uma grande rangefinder. A Voigtläender tem duas! A Bessa III 667 é uma das monstronas do mundo das rangefinders, fazendo fotos 6×6 e 7×6 cm em filmes 120/220. Como não tem lentes intercambiáveis, a saída foi fazer uma segunda versão wide com lentes de 55mm (a padrão tem 80mm). Duas câmeras grandes a “bessa”, que engrossam a fila das rangefinders.

Saiba Mais:

Linhof

E por falar em apelação, a Linhof também não sabe brincar e mesmo quando não usa grande formato ela pensa grande. Essas câmeras apelonas que gastam rolos e rolos 120 para fazer panorâmicas são um prato cheio para quem curto formatões. A T612 faz 6 fotos 6x12cm e a T617 faz 4 fotos 6x17cm em rolos 120 (fazem o dobro em rolos 220). Paisagens e arquitetura são o foco dessas monstras, mas não seria legal gastar isso de filme com retratos, hein?

São monstras com lentes Schneider que tem uma fome absurda por filmes 120/220! Se não tem medo de gastar filme, essas bichonas são encantadoras!

Saiba Mais:

Horseman

Tão apelativas quanto as Linhof, essas câmeras da série SW da Horseman são bastante ignorantes também. As malvadas fazem fotos 7×6, 12×6 e 17×6 cm em filmes 120/220 em uma linha com diversas câmeras com o objetivo de fazer grandes panorâmicas do jeito mais agressivo possível: gastando muito filme! E são agressivas no visual, com cara de câmera para qualquer terreno, pau para toda obra!
E também tem a possibilidade de usar backs digitais e as lentes são intercambiáveis. Um monte de possibilidade de uso com câmeras que devem custar os olhos da cara. Ou de várias caras.

Saiba Mais:

Lomography

Acho que não dá pra deixar de lado a Lomography com a Diana+ e Lubitel+ de plástico e a linha Belair, com aquelas opções de lentes de vidro e formatos diferentes, com back para filme 35mm e instantâneo, além do básico em múltipla exposição. São câmeras mais sérias e menos aquele blá blá blá de leis e regras da lomografia, voltadas para um público mais adulto, eu diria.

Saiba Mais:

Essas são as câmeras de filme médio formato ainda em fabricação que eu encontrei/lembrei. Se você tiver alguma dica de fabricante atual de câmera de filme de médio formato compartilhe nos comentários.

Leia mais:

Artigo anteriorAs 10 regras da lomografia em pôsteres caligráficos Próximo artigoComo a Carl Zeiss faz e testa suas lentes

Assinar Blog por Email

Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber a newsletter com notificações de novas publicações por email.

O que você acha?

Nome obrigatório

Website